40 dias sem …

Bem-vindos à Quaresma! Ou, feliz Quarta-Feira de Cinzas!

Hoje, cristãos ao redor do mundo celebram o início da Quaresma, que literalmente significa um período de 40 dias. Há vários significados para esse período, e muito provavelmente você já ouviu algum deles. Mas, o foco desse pequeno texto não é falar sobre os significados da Quaresma. Se alguém tiver curiosidade, posso escrever sobre os significados atribuídos ao período de 40 dias da Quaresma.

O importante é, ao meu ver, que hoje completamos exatamente 40 dias para a Páscoa! Comecem a guardar os trocos do mercado pra comprar chocolate pra galera.

Hoje, no entanto, quero escrever sobre um costume relacionado à Quaresma que eu não tinha conhecido até vir para os Estados Unidos. O costume é desistir (literalmente “give up”) de alguma coisa que você realmente gosta durante esses 40 dias até a Páscoa.


Cristãos desistem de alguma das suas coisas preferidas durante a Quaresma como forma de devoção e apreciação a obra de Jesus.

Você pode estar se perguntando: por quê?

Bem, lembra que comentei sobre os vários significados dados ao período da Quaresma? Um deles, e provavelmente o significado original desse período, se refere aos 40 dias que Jesus passou no deserto jejuando e, ao final desse período, sendo tentado pelo Diabo. Assim, cristãos demonstram devoção a essa obra de Jesus “jejuando” de alguma coisa durante esses 40 dias.

Esse ano será o primeiro ano que vou participar desse costume. E eu quero convidar você para fazer o mesmo.

Não se preocupe! Ninguém precisa jejuar e ir para uma área desértica por 40 dias! Na verdade, parece até bobo quando falamos o que desistimos nesse período, mas o resultado é muito significativo.

Eu, por exemplo, vou “jejuar” ou desistir de banho com água quente durante esse a Quaresma. Acreditem, eu amo banho com água quente! Mas, sei que com isso eu acabo gastando mais água do que preciso quando tomo banho, porque é praticamente irresistível ficar pelo menos uns minutinhos a mais só curtindo a água quente no banho.

Dessa forma, optei por algo que será um pequeno sacrifício, mas que também ajudará o planeta. “Jejum eco-friendly” 😉

Outros exemplos de “jejum” para a Quaresma são os que ouvi dos meus amigos. Um deles não comeu carne durante os 40 dias da Quaresma no ano passado (alguns cristãos não comem carne na Quarta-Feira de Cinzas e na Sexta-Feira Santa). Outro decidiu não consumir bebidas alcoólicas. Outro, ainda, não comeu fast-food durante a Quaresma.

Enfim, os exemplos são vários, e tudo de vale! A ideia é escolher algo que você gosta muito e fazer um pequeno sacrifício por 40 dias.

Quer mais um motivo para se juntar a esse costume?

A melhor parte de todo esse período é que ele termina com uma das datas mais importante celebradas por cristãos: a Páscoa! Na Páscoa celebramos a ressurreição de Cristo, a vitória dele sobre o pecado, a morte, e o Diabo. Em outras palavras, é um dia de MUITA celebração!

Assim, se você decidir “jejuar” de algo por 40 dias, a Páscoa se torna ainda mais comemorativa. Além de festejar a vitória de Jesus e o presente da salvação que você recebeu através dele, você também pode celebrar esse grande dia tornando a usar/comer/beber aquilo que você tanto gosta. Certamente sua Páscoa se tornará ainda mais significativa!

Fica o desafio e convite.

E ai, você topa?

4 comentários em “40 dias sem …

  1. Muito boa a reflexão meu amor. Realmente essa ideia daqui de “desistir” ou “abrir mão”, durante o período da Quaresma, de coisas que gostamos muito de fazer é incrível!

    Curtir

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google

Você está comentando utilizando sua conta Google. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s