3 Maneiras de Amar o Próximo HOJE

O cristão é chamado para amar o próximo. Tendo sido redimido por meio do Batismo, o cristão já morreu para o pecado, e agora vive uma vida de acordo com a intenção de Deus o Criador para a sua criatura em meio à criação. No entanto, afirmar que o cristão deve amar o próximo pode ser algo muito abstrato ou mesmo genérico nos dias de hoje. Por isso, hoje quero oferecer três maneiras que você pode praticar esse amor ao próximo que Jesus ensinou como parte de ser um cristão.

1. Combatendo o Racismo

Você pode amar o próximo hoje se posicionando contra o racismo. Como já falamos aqui no blog, o racismo é um pecado. (Clique aqui para ler os textos sobre o assunto.) Isso porque o racismo vai contra a vontade divina de Deus para a sua criação, a qual declara que somos todos criaturas criadas à imagem de Deus que possuem igual valor para o Criador. De fato, o racismo vai contra o ensinamento bíblico que somos todos obra das mãos desse Criador, o qual declarou que toda a sua criação era “muito boa” (Gênesis 1.31).

O Novo Testamento reafirma tal ensinamento declarando que por meio de Cristo já não há diferença entre povos, mas que pessoas de todas as nações, tribos, raças, etnias, são unidas em um só povo de Deus em Cristo. Em outras palavras, Jesus o Filho de Deus derruba todas as barreiras que dividiam as pessoas desse mundo, e traz cada um de nós para ser parte do seu povo. Aquilo que nos separava de Deus e das pessoas ao nosso redor foi destruído por Cristo em sua obra. Assim, qualquer ato que manifeste tal divisão—tal como o racismo—rejeita a obra de Cristo e ensina um retorno para uma era quando não havia a obra salvífica que trouxe uma nova realidade para o mundo.

Infelizmente, a sociedade em que vivemos ainda carrega e pratica o pecado do racismo. Como os eventos das últimas semanas têm demonstrado, irmãos e irmãs ao redor do mundo têm suas vidas ameaçadas pelo pecado do racismo, e muitas estão perdendo a sua vida porque o mundo rejeita a obra de Cristo a fim de seguir suas próprias opiniões sobre o valor da vida das pessoas que se parecem diferente delas. Isto é errado, e você como cristão não pode se silenciar diante de tal situação.

Embora nosso Sínodo não tenha se posicionado sobre o assunto e todos os eventos relacionados a ele que temos visto ao redor do mundo, há recursos que você pode usar para se posicionar contra o pecado do racismo. Publique em suas redes sociais sobre isso. Fomente a conscientização que o racismo é pecado, que é contra o mandamento divino, e que como cristão você repudia tanto o pecado do racismo como também toda e qualquer ação racista.

Declarando para os seus amigos e pessoas ao seu redor que você é contra o racismo não somente é um testemunho da fé em Cristo, mas também uma forma de dizer ao mundo, “basta!”, que você não vai permanecer calado enquanto inocentes são mortos porque nasceram em um lugar diferente ou porque têm uma cor de pele diferente. Mais importante, você estará seguindo o mandamento dado por Deus de ajudar aqueles que precisam de sua ajuda.

Portanto, você pode amar o próximo hoje combatendo o pecado do racismo. Evite falar coisas preconceituosas. Evite piadas raciais. Como o Oitavo Mandamento orienta, se você não tem algo bom para falar sobre o seu próximo, não fale nada sobre ele. No entanto, não falar já não é o suficiente. Precisamos falar. Precisamos ajudar o próximo. Se você não sabe o que falar, compartilhe um dos textos escritos por outros cristãos. Ficar em silêncio não pode ser uma opção. De fato, ficar em silêncio não é uma opção. Tendo sido chamado a amar o nosso próximo, ouça esse chamado e ame o seu próximo. Você pode ser uma voz que iniciará uma nova realidade que reflete a obra de Cristo, ao invés de refletir a realidade de pecado do mundo atual.

2. Combatendo o Coronavírus

Você pode amar o próximo hoje combatendo a proliferação e avanço do coronavírus. Fique em casa. Não saia na rua se você não tem necessidade de sair. Ficando em casa, você evitará de ser um instrumento para o avanço desse vírus que está matando milhares de pessoas no mundo todo. Embora ainda não haja uma vacina para combater o vírus, nós já sabemos como agir para que o vírus não se espalhe com tanta facilidade. Como cristão, você tem o dever de tomar todas as precauções e seguir todas as orientações para que você não seja um instrumento de morte para o seu próximo.

Muitas pessoas não têm a opção de ficar em casa. Infelizmente, a desigualdade social e a miséria/pobreza no Brasil e no mundo todo impede que a maioria da população possa ficar em casa. De fato, pastores que eu tenho contato compartilham comigo a situação enfrentada pelos seus membros ou pessoas da comunidade local, onde ficar em casa não é uma opção, pois se essas pessoas ficam em casa os seus empregadores irão demití-las e logo a família estará passando necessidade. Portanto, se você tem condições de ficar em casa, faça isso. Se algo não for urgente, espere. Ficando em casa, você estará amando o seu próximo que não pode ficar em casa. Se você não pode ficar em casa, siga as orientações de lavar as mãos, usar máscaras, bem como o distanciamento social. Medidas como essa reduzirão o avanço do vírus, e você estará cuidando do seu próximo por não ser um instrumento de morte para ele.

Imagino que você esteja cansado de estar de quarentena. Imagino também que você não gosta de usar máscara. Imagino que você deve criar todo tipo de desculpa para sair de casa com o argumento que é algo “essencial”. Salvo aqueles que não podem ficar em casa, nenhuma dessas desculpas é motivo para você colocar em risco a vida do seu próximo. Sem contar que você estará colocando a sua própria vida em risco. Talvez você esteja pensando, “Ah, eu estou seguindo as recomendações dos órgãos públicos da minha cidade.” Pois bem, você tem um bom ponto. No entanto, quero pedir que você que esta lendo esse texto siga não somente as recomendações dos órgãos públicos da sua cidade, mas também—e especialmente também—as orientações dadas por Deus para a nossa vida como cristãos. Por mais que a sua prefeitura local disse que é permitido ir ao shopping center da sua cidade, ou mesmo reabrir as igrejas para cultos presenciais, por favor, não façam isso. Por mais que vocês possam fazer isso, lembrem-se que tais atitudes podem ajudar a proliferação do vírus na sua cidade. Você estará colocando em risco não só você e a sua família, mas também a sua comunidade cristã e todas as pessoas da sua cidade que contam com o seu cuidado por elas para não serem contaminadas. Seja um exemplo. Seja um instrumento de testemunho em meio à pandemia. Ame o seu próximo evitando qualquer maneira que possa espalhar o vírus para aqueles que estão perto de você.

3. Cuidando do Meio Ambiente

Você pode amar o próximo hoje por meio de ações que cuidam do meio ambiente. Em meio à pandemia do coronavírus, quase esquecemos que estamos vivendo um período de uma crise ecológica que afeta tudo e todos no nosso planeta. Desmatamento, poluição do ar, da água, do solo, entre outros agentes que contribuem para o aquecimento global, continuam sendo instrumentos que trazem dor e sofrimento para muitas pessoas ao redor do mundo.

Há muitos estudos que apontam para os efeitos do descuido com o meio ambiente na vida de pessoas no mundo todo. No entanto, eventos do nosso dia-a-dia oferecem exemplos desse efeito na vida do nosso próximo. Por exemplo, ano passado houve dias em que um extensa fumaça cobria o céu de várias cidades do Mato Grosso enquanto eu visitava meus pais. Tal fumaça era fruto de queimadas em florestas locais que estavam sendo destruídas para dar espaço para agricultura e agropecuária. No entanto, além dos milhares de animais que morrem nessas queimadas, a diminuição de árvores aumenta a concentração de gás carbônico na atmosfera do nosso planeta, deixando a temperatura mais quente, por causa do efeito estufa. Tal efeito faz com que temperaturas acima de 50 graus Celsius sejam registradas em vário locais do mundo, temperatura que torna impossível que pessoas e animais sobrevivam. Além disso, o aumento de temperaturas aumenta o descongelamento de calotas de gelo nos polos do planeta, fazendo com que os níveis do mar aumentem. Há previsões que o nível do mar aumente até 3 metros até o fim do presente século, o que significaria que milhões de pessoas que vivem no litoral perderiam suas casas ou mesmo as suas próprias vidas.

Resumidamente, quando você cuida do meio ambiente hoje você também está cuidando do seu próximo e praticando o amor a ele ensinado por Cristo. Se você tiver interesse em ler mais sobre o assunto, entre em contato comigo. Eu ficarei feliz em fornecer artigos, livros, e estudos sobre o assunto.

Como você pode cuidar do meio ambiente e amar o próximo hoje? Há inúmeras formas que poderíamos responder essa pergunta. No entanto, uma opção cada vez mais enfatizada por ambientalistas é a redução do consumo de produtos animais. Hoje, o jornal The Guardian publicou um artigo que fala dos benefícios tanto para a saúde como também para o cuidado do planeta através da redução do consumo de produtos animais. (Clique aqui para ler o artigo do The Guardian.) Em outras palavras, a redução do consumo de produtos como carne e leite é uma das formas que você pode cuidar do meio ambiente, e dessa forma amar o próximo.

Ame o Próximo

Há muitas formas que podemos amar o próximo hoje. No entanto, essas são três maneiras concretas que podem ajudar você a amar o próximo hoje. A melhor parte é que você pode fazer ela aí mesmo na sua casa. Você pode se posicionar e combater o racismo através de compartilhamentos de estudos e posicionamentos de pastores e cristãos que afirmam que o racismo é pecado, e você pode optar por não ser racista ou mesmo fazer apologias ao racismo em sua rede social. Você também pode amar o próximo permanecendo em casa se você tem essa opção. Evitando meios que o coronavírus é transmitido para outras pessoas, você estará amando aqueles que estão perto de você, e testemunhando o amor que Jesus orientou o seu povo a ter pelos outros. Por último, você pode cuidar do meio ambiente e amar o próximo diminuindo o seu consumo de produtos animais. Note que eu não estou dizendo que você precisa cortar totalmente o consumo de tais alimentos. Claro, isso seria ideal! No entanto, já é comprovado que apenas a redução do consumo desses produtos já ajuda no controle de vários efeitos que causam dor e dano à pessoas no mundo inteiro.

“Eu lhes dou um novo mandamento: que vocês amem uns aos outros. Assim como eu os amei, que vocês também amem uns aos outros. Nisto todos conhecerão que vocês são meus discípulos: se tiverem amor uns aos outros.”

João 13.34-35 (NAA)

Photo by Branimir Balogović from “public domain photos” by Pexels.

Um comentário em “3 Maneiras de Amar o Próximo HOJE

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google

Você está comentando utilizando sua conta Google. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s