Igreja na Internet?

A Igreja Cristã deve estar na internet? Embora muitas pessoas ainda têm receio quanto a essa ideia, cada vez mais crescem os motivos para a Igreja engajar nas mídias atuais. Esse texto trata de motivos pelo qual a Igreja Cristã deveria estar mais presente na internet, especialmente visando a missão de proclamar a mensagem de salvação a todas as nações. Bem como Jesus disse que a colheita é grande e os trabalhadores são poucos (Mateus 9.37), assim também o desafio de ser Igreja na internet é grande, mas as pessoas interessadas são poucas.

Durante a minha formação ministerial, tive a oportunidade de fazer um estágio de um ano na cidade de São Paulo. Naquela ocasião, me lembro de uma certa reflexão entre os pastores do Distrito Paulista a respeito da necessidade de mais congregações na cidade. “Uma cidade de 13 milhões de habitantes, e temos apenas 10 congregações. Precisaríamos de mais pessoas trabalhando aqui,” comentávamos na ocasião. De fato, há bairros que careciam de igrejas cristãs, e nos preocupávamos com essa necessidade.

De uma forma parecida, o mundo virtual atualmente apresenta dados desafiadores e impressionantes, os quais deveriam convidar a Igreja Cristã a refletir cada vez mais sobre a missão de levar a Palavra de Deus a todas as nações. Conforme uma palestra que ouvi semana passada, atualmente mais da metade da população mundial tem acesso à internet. Tal dado reflete em um aumento exponencial de pessoas se conectando a redes sociais. Em uma “cidade virtual” tão grande como essa, quanta missão nós estamos fazendo?

Considere o YouTube, por exemplo. Essa rede social possui mais de 2 milhões de pessoas com contas registradas, o que já é um número muito grande. No entanto, quando vemos o número de pessoas que acessam essa rede todos os meses, esse número é MUITO maior. Isso porque o YouTube possui uma média mensal de 2,5 BILHÕES de acessos. Você sabia disso?

Agora, imagina um lugar que recebe aproximadamente 2,5 bilhões de visitas de pessoas por mês. Será que a Igreja não deveria estar mais presente nesse lugar?

Isso não quer dizer que não há cristãos e teólogos cristãos no YouTube, ou mesmo em outras redes sociais. Fico feliz em ver que cada vez mais a Igreja está investindo em formas de estar presente nas mídias. No entanto, é o suficiente?

Eu acredito que ainda há muita coisa a ser feita por cristãos em meio ao mundo virtual que existe na internet. À luz desse desafio, eu comecei um canal no YouTube. Há algum tempo eu tinha vontade de fazer isso, mas nunca me senti confortável o suficiente para realmente fazer algo. A minha esposa me incentivava a fazer videos há algum tempo. Honestamente, nunca achei que algum dia eu realmente faria vídeos. Mas, essa semana me rendi à ideia, e estou animado.

Se você ainda não conferiu o canal ou viu o primeiro vídeo que postei lá, clica no vídeo abaixo para conferir o vídeo no YouTube.

Primeiro vídeo do meu canal no YouTube, “Cristão na Mídia.”

A ideia do canal é simples: refletir sobre assuntos e temas atuais a partir de uma perspectiva cristã.

Bem como Jesus disse que a colheita é grande e os trabalhadores são poucos (Mateus 9.37), assim também o desafio de ser Igreja na internet é grande, mas as pessoas interessadas são poucas. No entanto, cada vez mais eu vejo cristãos—especialmente teólogos cristãos—se interessando nesse desafio de estar presente nas mídias. Estou confiante que coisas boas estão por vir.

Infelizmente, ser cristão e estar na mídia não quer dizer que todo o conteúdo oferecido por cristãos é “cristão”. Há muito erro que precisa ser evitado, e uma postura muitas vezes problemática nas mídias da parte de cristãos. Assim, o que pode ser uma benção pode se tornar um “tiro no próprio pé”, como dizia um professor meu.

Se Deus assim quiser, eu serei uma voz cristã na mídia que refletirá minha fé em Cristo, e ajudará outros a ver a obra dele para a salvação do mundo.

Claro, eu continuarei postando textos aqui no blog. Para todo vídeo que eu postar no YouTube, postarei também um texto aqui para falar sobre o assunto que eu abordei no vídeo.

Fica o meu convite para você acompanhar o canal no YouTube, bem como os textos que postarei aqui!

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google

Você está comentando utilizando sua conta Google. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s